Hábitos alimentares adequados ... vamos começar com o café da manhã!

O que nosso filho come depende de seu bem-estar, habilidades intelectuais e motoras. A primeira refeição nutritiva desperta e lhe dá energia para começar um dia ativo. Como garantir que seu filho receba a quantidade certa de minerais pela manhã e fazer com que comer juntos se torne um ritual?

Veja o filme: "Como o comportamento de uma criança muda a partir dos dois anos de idade?"

Se uma criança cresce para apoiar um estilo de vida saudável depende muito dos pais.

É por isso que é tão importante ensinar-lhe desde cedo bons hábitos alimentares que darão frutos no futuro. A nutrição adequada tem um grande impacto no desenvolvimento psicofísico, concentração e energia de nossos filhos.

A pesquisa mostrou que as crianças que comem pequenos-almoços saudáveis ​​e bem compostos diariamente obtêm melhores resultados de aprendizagem. Embora às vezes seja difícil controlar seus desejos nutricionais, vale a pena cuidar do lado culinário da vida dos membros mais jovens da família e mostrar-lhes que a alimentação racional tem muitas vantagens. Visual, sabor e cheiro.

1. Hábitos alimentares saudáveis ​​- dê o exemplo

Desde cedo, a criança fica de olho nos pais. É deles que ele adquire conhecimento sobre o mundo, molda seu caráter e seus hábitos alimentares. Se os adultos fazem suas refeições regularmente e prestam atenção à diversificação adequada da dieta, a forma de servir as refeições, o ambiente ou a atmosfera ao comerem juntos, há uma grande probabilidade de que seus filhos façam o mesmo no futuro. É importante não forçar seu bebê a comer.

Uma refeição deve ser associada ao prazer, não à necessidade de comê-la. Devemos lembrar também que, como todo adulto, ele tem suas preferências gustativas, por isso vamos ouvir e observar suas ações à mesa. Devemos também nos certificar de que os produtos que entram no cardápio diário são ricos em vitaminas e minerais, pois são de grande importância para a alimentação da criança e, consequentemente, para o seu desenvolvimento e bom funcionamento.

Em pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas de Mercado e Social para a marca Lubella, quando questionados: O que dá mais energia para o dia todo? 57% dos poloneses indicaram claramente o café da manhã. Portanto, o pai que faz a primeira refeição dá importância a ela e mostra que gosta, muito melhor transmitir ao filho uma abordagem saudável e positiva da alimentação.

2. Comer juntos - educar brincando

Preparar e comer com seu filho pode ser uma boa oportunidade para a educação nutricional. Como incentivar uma criança a participar ativamente do preparo dos alimentos? Por exemplo, brincando juntos, experimentando ou tendo histórias divertidas relacionadas a pratos e produtos.

Devemos também nos certificar de que a criança, ao falar sobre determinado ingrediente, possa tocá-lo, bem como aprender seu sabor e cheiro. O conhecimento adquirido desta forma se tornará mais interessante para ele e ele se lembrará melhor. Vale a pena começar a educação pelo café da manhã, pois é a refeição mais importante do dia. E embora a sua preparação esteja muitas vezes associada ao combate ao tempo, existem formas de o preparar de forma rápida e saudável juntamente com o seu filho.

Tudo o que precisamos fazer é preparar alguns dos ingredientes na noite anterior ou buscar soluções mais rápidas, como cereais matinais com leite. Quase toda criança gosta deles, pois além do sabor, eles possuem formas originais e interessantes. Por exemplo, Mlekołaki de Lubella tem até oito formas diferentes, como bolas ou conchas.

De acordo com pesquisas realizadas para a Maspex, até 96% das crianças avaliaram o sabor e a crocância das bolas aos 5 anos! Além disso, 93% das mães pesquisadas declararam que comprariam essas pétalas para seus filhos. A situação é semelhante no caso das conchas, pois até 94% das crianças as recomendariam aos amigos.

3. Minerais para o café da manhã

Uma dieta rica em vitaminas e minerais é essencial. Cada nutriente tem uma função especial, e sua ação conjunta determina não só o bom desenvolvimento da criança, mas também o seu bom estado de saúde.

Para que um organismo jovem se desenvolva adequadamente, existe um certo grupo de minerais que não deve ser esquecido. O ferro é um elemento particularmente importante na dieta das crianças. Ajuda no bom funcionamento do sistema imunológico, no transporte de oxigênio no corpo e na manutenção das funções cognitivas adequadas. Por sua vez, o manganês contribui para a manutenção do metabolismo energético adequado.

Durante a adolescência, a necessidade de fósforo aumenta para ajudar a manter ossos e dentes saudáveis. O zinco também ajuda a manter ossos, pele, cabelo e unhas saudáveis. O cobre, por outro lado, está envolvido no funcionamento adequado dos sistemas imunológico e nervoso.

Todos esses ingredientes necessários para uma criança devem ser fornecidos por meio de uma dieta bem balanceada. Um pequeno-almoço saudável, que é uma fonte de minerais, funciona como um reforço de energia e é o melhor começo para o seu filho após uma noite de descanso.

Tag:  Família Gravidez De Planejamento Bebê