Tosse - um sintoma que acompanha quase todas as infecções

Você está preocupado com a tosse do seu filho? Geralmente também é acompanhada por problemas de garganta e respiração, sensação de colapso e mal-estar. Esses são sinais típicos de uma infecção. Uma tosse incômoda dificulta o funcionamento durante o dia e não permite que você descanse totalmente à noite. Como lidar com isso? Como trazer alívio para uma criança?

Veja o vídeo: "Quais habilidades uma criança que entra no jardim de infância deve ter?"

1. Reconheça o inimigo

A tosse em crianças não deve ser tomada de ânimo leve, pois pode ser um sinal de muitas doenças diferentes. Vale a pena observar a criança de perto e verificar com que tipo de tosse estamos lidando. Graças a isso, tomaremos as medidas cabíveis, aliviaremos efetivamente os sintomas e nos livraremos dos sintomas desagradáveis ​​mais rapidamente.

A divisão mais comum em tosse seca e úmida. No caso da tosse seca, suas crises são frequentemente observadas - por um tempo, a criança tosse intensamente, mas não aparece secreção. A tosse seca costuma ser o primeiro sinal de que uma infecção está se desenvolvendo. Se você notar que seu filho também tem coriza, febre e irritação na garganta, provavelmente é um resfriado.

Se a tosse for acompanhada pela tosse de um muco espesso, é uma tosse úmida. Esse tipo de infecção ocorre na segunda fase da infecção, quando a quantidade de secreção produzida aumenta. Para minimizar o risco de asfixia, limpe o nariz regularmente, mantenha o bebê hidratado e mantenha o quarto seco.

Às vezes, os pais notam um tipo incomum de tosse - latidos. A respiração da criança torna-se ofegante e ataques repentinos de tosse dificultam o sono e causam rouquidão. Uma tosse latida é uma tosse seca muito alta que indica uma chamada laringite subglótica.

2. O que uma tosse pode dizer?

A tosse acompanha quase todas as infecções. Geralmente ocorre com o resfriado sazonal, junto com outros sintomas, como coriza, aumento da temperatura corporal, problemas de garganta, irritabilidade e mal-estar. Porém, é importante saber que a tosse também pode ser um sintoma de doenças mais graves.

Seu filho está tossindo e rouco? Estes podem ser sintomas de laringite e requerem atenção e tratamento médico. Se a tosse durar muito tempo e passar de seca para úmida e, além disso, a criança estiver com febre, pode-se suspeitar que seja bronquite.

A tosse também é um dos sintomas associados à pneumonia. Além da tosse incômoda, pode haver febre, dor abdominal, náusea, dor no peito e fraqueza intensa. É fundamental consultar um pediatra para iniciar o tratamento o mais rápido possível.

3. Luta eficaz contra a tosse

Problemas com expectoração, tosse, coriza e dificuldade em respirar são sintomas muito angustiantes - especialmente para as crianças. Como você pode ajudar seu filho? Vale a pena buscar preparações que contenham ingredientes que tenham um efeito positivo no trato respiratório da criança.

Um deles é o tomilho comum, que facilita a expectoração por aumentar a secreção de muco no trato respiratório superior. Além disso, acalma a garganta, laringe e cordas vocais. O óleo de hortelã-pimenta ajudará a entupir o nariz e facilitará a respiração, pois ajuda a melhorar o fluxo de ar pelo nariz. A criança tem um problema de garganta? Experimente remédios de marshmallow para acalmar irritações na garganta, laringe e cordas vocais.

Lembre-se também de umidificar o ar do quarto do bebê. Coloque toalhas úmidas no radiador ou use um umidificador. Além disso, certifique-se de que a criança receba quantidades adequadas de líquidos que hidratam a mucosa e ajudam a aliviar os sintomas de infecção.

Tag:  Gravidez Bebê Parto