Como trocar adequadamente um bebê recém-nascido?

Trocar a fralda de um bebê recém-nascido é um grande desafio para os pais. Há uma série de dúvidas sobre como rolar e escolher os melhores cosméticos de cuidado. Seguir algumas regras simples tornará o tratamento completamente seguro e agradável - tanto para a mãe quanto para o bebê.

Veja o vídeo: "Como dar banho em um bebê no balde?"

1. Preparação apropriada

Antes de começarmos a trocar a fralda, vamos reunir todos os preparativos e acessórios necessários. Tendo-os ao nosso alcance, lidaremos com o desafio de forma mais eficiente e, o que é mais importante, evitaremos uma situação em que deixaremos o bebê sozinho no trocador. Sob nenhuma circunstância devemos deixá-lo fora de nossas vistas então. Afinal, sua segurança é uma prioridade. Então, vamos preparar uma fralda limpa, lenços umedecidos, creme ou pó para esfregar.

Também vamos cuidar do ambiente certo, especialmente se sabemos que a criança não gosta de se trocar. É muito importante manter contato verbal e visual com a criança. Um tom de voz agradável tornará mais fácil para ele aceitar a situação e levantar associações positivas. Assim, mostraremos também que trocar fralda é algo natural e não tem nada de errado.

2. Técnica adequada

O corpo de uma criança é extremamente delicado, então nossas ações devem ser muito gentis. Um dos erros comuns que os pais cometem ao trocar fraldas é levantar o bumbum do bebê puxando suas pernas para cima. Este método é absolutamente inaceitável - corre o risco de lesões dolorosas, como entorses e distensões nas articulações.

Uma solução muito mais segura é virar o bebê de lado. Colocamos a mão na região da virilha de forma que nossos quatro dedos fiquem no abdômen e o polegar entre a coxa e a nádega. Coloque-o suavemente de lado e deslize uma fralda limpa sobre ele. Usamos o mesmo método para a limpeza da pele.

3. Cuidado seguro

Para isso, use cosméticos da mais alta qualidade. Como escolher a melhor entre dezenas de propostas? O critério de seleção mais importante é a composição. A composição dos compostos contidos nas preparações deve ser adaptada às necessidades da pele exigente da criança, que ainda não desenvolveu todos os mecanismos de defesa.

O arranjo solto das células da epiderme e o revestimento hidrolipídico insuficientemente desenvolvido significam que as toxinas e irritantes podem penetrar facilmente na pele, que também tende a secar. Para ter certeza de que usamos produtos seguros da mais alta classe, vamos nos concentrar em cosméticos projetados especialmente para crianças: lenços umedecedores, cremes anti-atrito, pós calmantes.

Graças aos toalhetes delicados e embebidos, livrar-nos-emos suavemente das impurezas e ao mesmo tempo acalmaremos as irritações, trazendo ao bebé um alívio imediato. Os toalhetes não devem conter parabenos e álcool, mas são concebidos para ajudar a manter o pH natural da pele. Lembre-se de aquecer as mãos antes de usar esses tipos de produtos.

O próximo passo é proteger a pele contra mudanças dolorosas. A proteção eficaz e ao mesmo tempo suave é garantida por cremes anti-fricção, que fortalecem as funções naturais de defesa da pele e aliviam a inflamação e as escoriações. Em lojas e farmácias, você também pode comprar um pó calmante, que graças à sua fórmula tem efeito calmante. As partículas do cosmético criam uma camada protetora na superfície da pele, evitando coceira desagradável, irritação e acúmulo de umidade.

Todos os produtos adquiridos para o cuidado da pele de uma criança devem ter uma opinião positiva do Instituto da Mãe e da Criança.

Tag:  Bebê Cozinha Família