O que uma criança de quatro anos deve ser capaz de fazer?

Quando uma criança tem quatro anos, ela está em uma transição muito importante da infância para a pré-escola. Muitos pais se perguntam se seu filho está se desenvolvendo adequadamente. Ele já tem todas as competências que deveria desenvolver em três anos de vida? Os médicos dão o alarme: cada criança se desenvolve em seu próprio ritmo! Ele é um homem pequeno, um individualista, e você não deve aplicar regras rígidas de livros a ele ou forçar novas habilidades. O desenvolvimento segue um plano específico: diferente para cada criança. No entanto, vale a pena dar uma olhada nessa lista de habilidades e ver quais delas já foram dominadas por nosso bebê.

Veja o filme: "Como está se desenvolvendo uma criança em idade pré-escolar?"

1. Comandos ativos de fala e compreensão

A criança começa a falar em momentos diferentes. A primeira palavra geralmente aparece antes do final do ano, mas é claro que é um assunto individual. Depende, entre outras coisas, da duração da gravidez (se o bebê era prematuro), às vezes do sexo (os meninos geralmente começam a falar mais tarde) ou do estímulo ao desenvolvimento da fala. Aos quatro anos, a criança já tem um estoque bastante grande de palavras e continua a enriquecê-lo. Ele pode até mesmo entender comandos complexos de várias etapas, por exemplo: "Por favor, ponha a bola no chão e vá buscar seus sapatos no corredor." A criança ouve contos de fadas, histórias, conhece palavras para cores e formas.

As habilidades de uma criança de quatro anos

Quando uma criança tem quatro anos, ele está em uma transição muito importante da infância para a pré-escola ...

veja a galeria

2. Independência

Aos quatro anos, muitas crianças começam o jardim de infância. Para se separar dos pais por algumas horas, ela precisa ser até certo ponto independente. Uma criança dessa idade pode usar o banheiro sozinha, comer com faca e garfo e beber de um copo. Sob a supervisão de adultos, ela se veste e se despe e pode tentar se banhar.

3. Habilidades manuais e motoras

Em uma criança de quatro anos, a coordenação motora e a destreza manual são muito importantes. O manuseio de objetos permite que ele conheça melhor o mundo e aprenda novas habilidades. A criança agora pode desenhar formas simples com giz de cera, construir torres de blocos. Ele pode enfiar contas grandes, graças às quais exercita sua precisão. Crianças de quatro anos geralmente são muito móveis, em todos os lugares estão cheios deles. Crianças em idade pré-escolar adoram jogos com bola, pular e correr.

4. Atividades cognitivas

O estímulo ao desenvolvimento infantil visa, entre outras coisas, o desenvolvimento de suas funções cognitivas. Em muitos jardins de infância, ou seja, de 3 a 4 anos de idade, uma criança deve distinguir entre cores, formas, gostos e estruturas. Ele pode classificar os itens de acordo com critérios específicos, por exemplo: "Coloque as bolas na cesta e os blocos na caixa de papelão" ou "Dê brinquedos vermelhos para mamãe e brinquedos azuis para papai". A criança agora deve ser capaz de distinguir o gênero das pessoas da família. A criança em idade pré-escolar já sabe para que servem os utensílios domésticos básicos: aspirador de pó, geladeira, ferro, fogão a gás. A criança entende a forma de tempo passado e presente. Ele usa ambos com eficiência. Ele conta que ontem foi passear com o avô e hoje está com a tia.

Uma criança de quarto ano de vida já é pré-escolar. Ele adquiriu habilidades básicas e agora adquire novas e continua a aprender sobre o mundo ao seu redor. Este é um momento importante para o desenvolvimento das funções mentais de uma criança. Uma criança pode nomear, entender as instruções de adultos e dividir objetos de acordo com suas propriedades. Ele aprende lentamente a classificar as emoções, a percebê-las e nomeá-las. Uma criança de quatro anos tem cada vez mais contato com seus colegas e interage com eles de forma mais ousada.

A idade de quatro anos é a época do desenvolvimento físico, mental, emocional, intelectual e emocional. O mais importante durante essas mudanças e aprendizagem contínua é o apoio dos pais e a satisfação da necessidade de segurança, o que permite a aquisição efetiva de novas habilidades.

Tag:  Família Aluno Bebê